Nunca namore uma garota que escreve

girlwriting

Provavelmente, ela será portadora de grande inteligência, e não terá qualquer receio em esconder isso. Ela não se importa em parecer mais sábia que você, no quanto isso afeta seu preciso ego, e não liga se isso te ofusca.

Não namore uma garota que escreve… Mesmo que com delicadeza, ela irá sempre te corrigir e uma hora isso vai se tornar exaustivo. E sim, ela faz isso por querer seu bem. Mas garotas que escrevem são perfeccionistas, e talvez ela exija isso de você.

Você não será apenas namorado. Será Rubens em uma noite fria de Paris, David em uma temporada no Havaí. Será o vilão, o mocinho, o personagem secundário que resolve toda a drama, um mero figurante. Ela tem a habilidade de te usar como inspiração e te encaixar em milhares de papéis. Esteja disposto a ser sua poesia.

Jamais namore uma garota que escreve… Ela irá registrar sobre o primeiro olhar, o primeiro beijo, a primeira briga. Ela escreverá sobre como se apaixonou por você, como descobriu que era amor, como achou que era para sempre, como se machucou e como superou. Mesmo que o tempo corra e não haja quaisquer vestígio desse amor vivido, ela escreverá a respeito. Ser a figura inspiradora de alguém pode ser cansativo.

Ela se recordará de momentos insignificantes, mas que por algum motivo pareceram singelos para ela. Ela se recordará dos detalhes mais alheios, dos seus traços mais escondidos, da sua risada e de cada um dos segredos que compartilhou com ela. Garotas que escrevem tem a memória muito boa, e você não vai querer namorar alguém assim.

Tente não namorar uma garota que escreve. Você será sua vítima favorita para avaliar seus textos, artigos, crônicas e poesias. E terá o dever de procurar o mesmo que ela vê em cada entrelinha do texto. Você será o companheiro para todas as suas aventuras mentais em cada nova criação, terá que desenvolver uma criatividade excepcional para isso e não poderá reclamar a respeito.

Porém, há um porém: garotas que escrevem amam. Com intensidade, sem olhar para trás, de peito aberto. Pronto para receber amor, ou um fora pontiagudo. Sua sorte, e única sorte, será sofrer por excesso de amor… E não a falta dele. Aproveite!


Atenciosamente, Sarah Santos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s