Mais macho que muito homem!

molier

Você pode ler esse texto ouvindo: Feeling Good – Nina Simone

Ela vai de condução. Sorri para o motorista, entorta o pescoço de meia dúzia quando passa, dá bom dia para a senhora do banco preferencial e olha através da janela com sua perspectiva de mundo. Um novo dia lhe dá uma nova chance para fazer tudo diferente e vivê-lo como se fosse o último. Afinal, nunca se sabe quando realmente é o último. Mas ela não precisa saber! Não tem medo de nada, sequer da morte. Sabe que se for embora dessa Terra, vai em sua condição natural: de plena felicidade.

Ela estuda, garante o pão de cada dia e vive em constante renovação. Não é dessas mulheres perfeitinhas com tudo no lugar, classe extrema, toda pimposa. Ela sequer tem o tamanho de uma pessoa adulta! Mas sua força interior ultrapassa qualquer barreira de estatura. É das mais simples, mas apegada às emoções que cada momento proporciona. Chora por tudo, mas isso é apenas sentimento virando água. Está longe de ser boa o suficiente para o padrão de qualidade da sociedade, mas felizmente, está ocupada demais sendo boa o suficiente pra si mesma.

Coitado de quem a subestimou! Pois ela não é tipicamente vingativa. Seu samba é silencioso e seu sucesso incomoda muita gente. Nos tempos difíceis, ela encontrou a solução dentro de si mesma e tornou-se sua própria heroína. Sempre se regenerando, virando a mesa e o que mais estiver em frente. Ah, ela não passa… Ela atropela.

Beleza não é seu forte. Inteligência é grande, porém limitada. Mas tem persistência em potencial! Ela segue sem deixar que a limitem, que a definam, que a olhem torto. E só para quando chega lá! Se preciso, muda de rota de vez em quando. Se preciso, dá uns passos para trás… Mas logo toma impulso e encara a corrida mais de perto. E é por isso que sempre perguntam porque ela consegue tudo o que quer.

Ela gosta de desafios, de experiências novas, daquela saborosa sensação de liberdade. Mas também, em seu lado mais subjetivo, divide-se entre a garra e a sensibilidade. Ela sabe que a vida acontece e quando resolve acontecer… Chama pra briga e encara de peito. Dentro de si, tem o perfume de toda mulher, com medos e inseguranças… Mas que desconhece sua genialidade.

Não duvide. Ela é mais macho que muito homem.


Atenciosamente, Sarah Santos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s