O que aprendi com o voluntariado

voluntariado
Você pode ler esse texto ouvindo: Vai Ser Assim – Criolo

Vivemos em um mundo onde o importante não é o ser, ou o ter… Mas o parecer. Se faz muito pouco pelo próximo e quando faz, espera-se algo em troca. A mídia nos colocou óculos para enxergar apenas o mundo que está a nossa volta, e não ir além disso. Mas do lado de lá não são apenas flores. E quando você cruza a linha imaginária da parte do mundo que o sistema ignora, percebe essas diferenças e se recobra de muita coisa.

O voluntariado me ensinou a ter sensibilidade. A jogar fora todos os meus preconceitos e me colocar no lugar do outro, sentir suas dores e seus prazeres. Vivemos um tempo de ativismo de sofá. Onde pregar “mais amor, por favor” e compartilhar imagens de solidariedade uma vez por semana na internet já está bom demais. Afinal, o conformismo é muito mais digerível.

Ser voluntária também me trouxe autoconhecimento. Dentro da nossa zona de conforto, temos muitas convicções. Sair da minha bolha e ir para lugares totalmente divergentes a minha realidade, conhecer pessoas, ouvir seus relatos e oferecer o que eu tenho de melhor trouxe mais sabedoria do que qualquer escola que já frequentei. Ver o mundo de outras maneiras, por outras culturas, fez parecer tudo o que eu tinha vivido até ali fácil demais.

Além disso, o voluntariado também me trouxe alegria e amor. Quando suas virtudes são compartilhadas, elas se multiplicam de forma que você se torna uma pessoa melhor e torna a outra pessoa melhor. O amor é algo que se prolifera quando se divide… E sortudos são aqueles que tem amor para si e para distribuir. Cultivar sentimentos bons nos fortalece para o cotidiano, nos faz mais felizes.

Acima de tudo, ser voluntária me ensinou a ter atitude. É muito bonito ter um discurso humanitário e inclusivo, carregar palavras bonitas na ponta da língua, ser paciente e educado. Mas além da beleza, há dignidade no ato de sair da sua casa e ir ajudar o próximo com ações. Ajudando outras pessoas, aprendi a sonhar como algo possível e prático; transformar o meu ideal de um mundo melhor em práticas que não vão mudar o planeta da noite pro dia, mas fazer parte de um processo de cura na humanidade.

Assinatura oficial

Anúncios

6 comentários em “O que aprendi com o voluntariado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s